domingo, 25 de março de 2012

Será que eu sou pobre?

Recentemente eu fiz um daqueles testes de nível socio-econômico que tanto aparecem na internet.O resultado é que eu sou da Classe D ( baixa renda ).
Mas antes que me perguntem,eu não sou pobre.Isso aconteceu pelos parâmetros ridículos usados nesses testes.

De início,eram perguntas normais : número de pessoas vivendo na sua casa,se ela era própria ou alugada,renda total de quem vive nela...

Mas depois,vieram as perguntas relacionadas ao consumo.

A primeira já deve ter fechado a situação : quantos carros possuem todos os que vivem na casa?
Já que eu vivo sozinho e não preciso de carro,a resposta nenhum deve ter feito o sistema achar que eu sou pobre ( e ele nem perguntou se eu tinha algum outro veículo,só carro importa )

Depois,perguntava-se quantos freezeres tinham na minha casa.Como o de cima da geladeira não contava,coloquei nenhum.A pergunta seguinte foi sobre o número de geladeiras,e obviamente é só uma.

A pergunta clássica não poderia ficar de fora : número de aparelhos de tv na casa.Tem uma que está estragada além da que eu uso,mas essa não conta.

Número de telefones ( fixos e celulares ) tinha opções até seis e mais de seis ( quem tem mais de seis celulares!? ).Também deve ter ajudado muito,porque eu não tenho mais celular pois todas as operadoras são uma merda e resolvi ficar só com o telefone fixo.

Número de computadores ( desktop,notebook e tablet ) sem contar o do trabalho mas contando o smartphone se tiver um...só um e já tá de bom tamanho pra mim.

Tentei compreender o porque de meu resultado ser de Classe D,e cheguei a esta conclusão : para os outros,você é considerado rico pelas coisas que você compra,não por quanto dinheiro você tem.Mas tenho certeza que esse resultado mudaria se perguntassem quanto dinheiro eu tenho na minha conta bancária.;)

17 comentários:

  1. É isso mesmo, esses testes são muito vagos e refletem a forma consumista que a nossa sociedade pensa.

    Para os autores desses testes, quanto mais passivos você tem, mais rico você é. Não da pra medir riqueza por eletro-domesticos! Riqueza deveria ser medida pelos ativos.

    Para esses autores eu recomendo nossos blogs...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De uma forma resumida,é isso mesmo que você falou o que normalmente acontece.Mas isso é porque a grande maioria das pessoas é assim,não só para os autores desses testes.
      E é exatamente para essas pessoas que eu não recomendo blogs como os nossos.Elas iriam apenas nos chamar de pão-duros -/-

      Boa sorte nos seus investimentos!\o/

      Excluir
    2. hehehehe
      Eh verdade...acho que elas nem nos chamariam de pao-duros. Fechariam o blog antes disso por nao entender do assunto.

      Excluir
    3. Me passa o link to site que tu fez o teste.

      Excluir
    4. Não sei com certeza Dividendos,pois já fui chamado de pão-duro uma porrada de vezes -/-
      E eu nem lembro onde foi que fiz o teste,sinto muito.Mas olha no Google que você acha um monte.

      Excluir
  2. Oi Rafael!

    Imagine se vc não tivesse tv por opção?! Seria classificado como miserável. Esses testes são totalmente subjetivos e provavelmente são feitos por pessoas que valorizam justamente o número de celular e o tamanho do carro.

    Abra~ço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razão Corey.
      Só não sei porque perguntaram só sobre carros e não sobre outros veículos.
      E os testes são assim pois a grande maioria das pessoas pensa assim.Vê se é fácil achar alguém que não te acha pobre se você não tiver um celular...

      Excluir
  3. eu adoro esses testes, não tenho carro, não tenho celular, tenho só uma tv e nenhum freezer... com sorte fico na classe D
    mas a um tempo a folha disponibilizou um teste bem bobinho e me classificou na classe alta kkkk eles não se decidem!!!!!
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1036261-quiz-faca-o-teste-e-descubra-a-que-classe-social-voce-pertence.shtml
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ostra,parece que você previu o que aconteceu comigo.Fiz outro teste e fiquei na classe B1 O_o
      Vai entender...mas damos boas risadas pelo menos!XD
      Obrigado pela visita!\o/

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigado Carioca.
      Percebi que ainda não fez um blog.Espero que faça em breve e boa sorte nos seus investimentos!\o/

      Excluir
  5. Rafa, esses testes avaliam o seu estilo de vida. Vc pode ser um duro F*, mas viver como a elite.
    Já ouviu que devemos viver abaixo do padrão de vida que podemos pagar?
    E para concluir... Agora vc sabe o segredo de ficar rico... Aproveite uma liquidação dessas lojas de eletrodomésticos e quando tiver celular a R$100,00, vá lá e compre uma dúzia! kkkkk
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eike.
      Não só ouvi falar como vivo abaixo do padrão de vida que posso pagar ( até penso em vender meu apartamento pra comprar um menor )
      Uma dúzia?Só se for pra revender a um valor maior depois!XD
      Obrigado pela visita!\o/

      Excluir
    2. Agora imagina como é fácil maquiar essas pesquisas...
      Imagina vc fazendo aquela xaropada que eu sugeri...
      Aí vc coloca na pesquisa que tem 12 celulares. Pronto! Com R$1200,00 vc pula da classe E para a A! kkkkkkkkkkk

      Excluir
  6. Rapaz eu vou contar uma história: Um cara que trabalha junto comigo tinha comprado 2 carros um Palio e Hyundai Tucson a "vista", passado alguns dias ele foi compra um celular e na hora de fazer a conta o credito dele foi negado...e a atendente disse que ele não tinha perfil para fazer credito, mas por que isso, como ele comprava tudo a vista o nome dele nunca ia para o cadastro de credito, portanto para a operadora de celular era com se ele fosse pobre. é mole. ja te adicionei no meu blog.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o post e o blog, já estou te seguindo.

    Queria aproveitar pra pedir que visite meu blog e deixe lá a sua contribuição.

    http://cariocainvestidor.blogspot.com.br/

    Abração.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Rafael, td bem? Meu nome é Ana Flávia e trabalho na Ketchum Digital, a agência de relações públicas da Visa.

    Tenho uma sugestão e acredito que possa gerar um post de serviço no teu blog.

    Você pode me passar seu e-mail pelo ana.flavia@ketchum.com.br, por favor?

    Obrigada e abs, Ana

    ResponderExcluir